COM VOCÊ, PELA VIDA

Ano VIII - Nº 83 - Abril 2016

Exposição "Saudável Mente" em cartaz no Museu Ciência e Vida

Imagine um casal de namorados conversando sobre diversos fatores de risco associados ao câncer, entre eles, o fumo e o sexo sem preservativos. Quem ficar curioso sobre o desenrolar do bate papo entre Thiago e Mila deve conferir a exposição "Saudável Mente", no Museu Ciência e Vida, em Duque de Caxias. A expografia lúdica é um projeto que surgiu de uma parceria entre a Fundação do Câncer, o Núcleo de Divulgação do Programa de Oncobiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Museu Ciência e Vida/Cecierj.
ler matéria completa

Representante Internacional visita a Fundação Do Câncer

A Fundação do Câncer recebeu as visitas de Vera Luiza da Costa e Silva e Carmen Audera-Lopez, respectivamente, chefe e gerente de projeto do Secretariado da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, tratado internacional sob chancela da Organização Mundial da Saúde (OMS). No encontro com Alfredo Scaff, Mariana Pinho e Cristina Perez, além do diretor de Projetos e Produtos da instituição, José Mauro Lorga, Vera reforçou a importância da atuação da instituição na área da prevenção.
ler matéria completa

Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário conquista Habilitação Internacional

O Banco de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário do estado do Rio de Janeiro foi habilitado pelo National Marrow Donor Program (NMDP), em português Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea, a fornecer células-tronco hematopoéticas a outros bancos internacionais para realização de transplantes de medula óssea. Este é o primeiro dos 13 bancos da Rede Brasileira de Bancos de Sangue de Cordão Umbilical e Placentário (Rede BrasilCord) a receber a chancela pelo Registro, um dos maiores do mundo.
ler matéria completa

HISTÓRIA DE QUEM DOA: ANTHONY ZINESKI

O americano Anthony Zineski, de 69 anos, mora no Brasil há 37, trabalhando como tradutor de textos. No último mês, transformou um trabalho de tradução para a Fundação do Câncer em doação. Tony, que também é jornalista, conta que não foi a primeira vez que fez o ofício de forma voluntária. Ele já fez traduções e outros trabalhos, sem cobrar pelos serviços no Paraguai e Estados Unidos.
ler matéria completa

Ver este email no seu navegador.